História do Parque Villa Lobos

O Parque Villa Lobos é uma atração de lazer para os moradores e visitantes de São Paulo, mas não foi sempre assim. O local já foi depósito de lixo da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais do Estado de São Paulo (CEAGESP), que era também um ponto de coleta de aproximadamente 80 famílias que reaproveitavam os alimentos e embalagens que eram jogados fora.

Como se não fosse o bastante, o outro lado do Parque Vila Lobos (leste) tinha os entulhos dragados do Rio Pinheiros. No meio do parque, existiam entulhos de construção civil. Mas em 1987, ano de comemoração dos 100 anos do compositor Heitor Villa-Lobos, foram apresentadas as primeiras propostas para a criação de um parque temático.

As obras que ocupariam os 732 mil m² foram iniciadas em 1989, retirando do local os dejetos de empresas e famílias que viviam ali. O objetivo era que o local se tornasse um centro de música, com viveiro para pássaros, teatros e até mesmo espaço para aulas relacionadas a essa forma de arte. Mas, em 2004, o parque Vila Lobos passou a ser administrado pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, que interviu o mais rápido que pôde para resolver questões de falta de cuidados no local.

Em 4 anos, o Parque Vila Lobos recebeu milhares de mudas para compor seu projeto paisagístico com mudas de diversas espécies nativas. Devido ao desgaste do solo por causa do entulho existente ali anteriormente, essa atração foi completamente entregue apenas em 2006, quando já contava com as características que mantém hoje em dia.

A Secretaria do Meio Ambiente foi responsável por diversas melhorias, e não apenas no quesito ambiental. Aparelhos de ginástica, o parquinho para crianças e diversas outras áreas do Parque Vila-Lobos, como os quiosques, foram restauradas e, atualmente, existem anda mais aperfeiçoamentos vindo aí, como novos caminhos, um Orquidário e um Centro de Educação Ambiental.

Parque Villa Lobos
Parque Villa Lobos

O Parque Villa Lobos hoje

Atualmente, o Parque Vila Lobos não é dedicado apenas à música ou ao meio ambiente. O local se tornou uma mistura entre o verde, o som e o lazer. Por ser tão eclético, é um dos principais destinos de entretenimento procurados pelos moradores de São Paulo.

O local possui espécies da flora da Mata Atlântica, além de inúmeros locais destinados ao lazer e bem-estar de seus frequentadores, como:

  • Ciclovia
  • Quadras
  • Campos de futebol
  • Parquinho
  • Bosque
  • Aparelhos de ginástica
  • Pista de cooper
  • Tabelas de “street basketball”
  • Anfiteatro
  • Sanitários
  • Lanchonetes

O Parque Vila Lobos possui ainda mais áreas do que as citadas acima. São construções recentes que melhoraram – e muito – a vida daqueles que passam por lá.

Existe o caminho ”Vai pela Sombra” que, como o próprio nome já diz, é uma trilha com vegetação alta e densa, que proporciona uma trilha fresca e agradável para pessoas que não querem ter tanto impacto no joelho. Ainda nessa mesma linha, existe o Circuito das Árvores, uma passarela com elevação de 3,5 metros para observação de árvores e aves.

E, se você gosta de flores, não deixe de conferir o Orquidário Ruth Cardoso e belíssimas orquídeas que merecem ser vistas! Mas a visão não é o único sentido que pode ser aguçado em uma visita ao Parque Vila Lobos. Quer fazer um agrado aos ouvidos? Vá ao Ouvillas, um espaço ao ar livre com trilha sonora composta pelas obras de Heitor Villa-Lobos.

Endereço do Parque Villa Lobos

Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001

Alto dos Pinheiros – São Paulo

Telefone do Parque Villa Lobos

(11) 2683-6302

Horário de funcionamento do Parque Villa Lobos

Todos os dias, das 5h30 às 19h.

Durante o horário de verão: das 5h30 às 20h.

Gostou das dicas deste post, conheça outros pontos turísticos de São Paulo em nosso blog

E se você possuir um imóvel mobiliado para aluguel em Pinheiros, São Paulo visite nosso website e apartamento rapidamente!