Atenção – O texto abaixo apresenta opinião do editor deste blog e não representa posição oficial do AlugueTemporada ou da Homeaway no Brasil. As análises e conclusões foram tiradas de informações públicas e podem não representar a realidade futura.

O site de aluguel por temporada AlugueTemporada, da HomeAway deve mudar completamente nos próximos anos. Em breve somente serão anunciados imóveis com reserva online automática e pagamento de 15% de comissão.

Fizemos uma análise rápida e compartilhamos neste post nossas conclusões.

Historia do AlugueTemporada e da HomeAway

O AlugueTemporada foi o website pioneiro a focar no setor de aluguel por temporada no Brasil. Ele foi lançado por um empreendedor do Rio de Janeiro e em poucos anos se tornou o maior site do país.

Em 2010, quando já possuía cerca de 10.000 anúncios pagantes o website foi vendido para a HomeAway por US$10 milhões de dólares, segundo documentos públicos da própria HomeAway. A HomeAway na época já era o maior website de aluguel por temporada nos EUA e buscava sua expansão global.

A HomeAway é uma empresa norte-americana fundada em 2005, através do investimento de alguns fundos que decidiram consolidar o setor de websites de aluguel por temporada nos EUA e no mundo. Entre os anos de 2005 e 2012 mais de 45 websites diferentes foram comprados.

Em 2012, A  HomeAway se tornou o maior website de aluguel por temporada com mais de um milhão de anúncios pagantes.

As aquisições da HomeAway e as consequências para o AlugueTemporada

Com o grande número de aquisições, os esforços corporativos do grupo se voltaram totalmente para unificar as empresas separadas, padronizar os websites e integrar os times.  Isso aconteceu ao mesmo tempo em que surgia um competidor de peso, que foi o Airbnb, que veio com modelo padronizado e com grande investimento financeiro por trás.

Naquele momento, além do desafio de integrar as aquisições a HomeAway teve que evoluir rapidamente seu modelo de negócios em linha com o forte crescimento do setor de aluguel por temporada nos EUA e no momento. E neste contexto, o AlugueTemporada teve seu modelo de negócios “congelado”, sendo hoje ainda bastante parecido ao modelo de 2010.

Esta falta de evolução, fez com que em poucos anos o Airbnb atingisse a liderança do setor, se tornando o maior website de aluguel por temporada no Brasil.

AlugueTemporada no Brasil x. Homeaway nos EUA

Para entendermos as mudanças que devem ser realizadas no AlugueTemporada nos próximos anos é importante entendermos como funciona a HomeAway nos EUA. A principal diferença é que no EUA, já há o modelo de anúncio grátis com pagamento de comissão, modelo semelhante ao do Airbnb. Veja comparação abaixo:

HomeAway

Olhando acima, parece que as mudanças são poucas e que o modelo será igual ao do Airbnb, correto?Errado!

Em Novembro de 2015 a HomeAway foi comprada pelo Expedia, segunda maior agência de viagens online do Mundo, maior agência online dos EUA e donas das marcas Hoteis.com e Trivago. Após um ano da aquisição, a Expedia começou a anunciar mudanças importantes no modelo de negócio da HomeAway nos EUA.

Somente imóveis com reserva online instantânea podem ser anunciados na HomeAway nos EUA.

Desde Março de 2017, a HomeAway exige que todos os imóveis anunciados nos EUA aceitem reserva online instantânea. Nesta modalidade, o proprietário recebe as reservas automaticamente, de acordo ao preço e disponibilidade pré-atualizados no site e deve honrar as locações sob as penas financeiras presentes no contrato assinado no momento no anúncio.

Está mudança é baseada em pesquisas feitas que mostram que os locatários preferem preponderantemente anúncios com reserva online. Com esta mudança, a HomeAway proporcionará uma melhor experiência para os visitantes do website, pois o processo de reserva se tornará mais rápido e transparente.

Se você já tentou alugar um imóvel no AlugueTemporada vai entender bem o que estou falando.  Se você enviar mensagens para 10 proprietários, 5 não o respondem, 3 respondem com informações de preço e disponibilidade diferentes das presentes no anúncio e os últimos 2 não o respondem com a velocidade e cordialidade esperada. Resumindo, uma experiência muito pouco agradável.

Fontes: VacationRentalsLBISkift.

Quando as mudanças devem ocorrer do AlugueTemporada, no Brasil?

Não temos informações concretas de quando mudança semelhante ocorrerá no Brasil. O que temos certeza é que ela ocorrerá e que a HomeAway tem todo o interesse que ela seja o mais rápido possível, visto a grande perda de market share do site para o Airbnb no país.

Consequências para a GoHouse

Analisando as consequências deste tipo de mudanças vemos que todas são muito positivas para a GoHouse. É importante mencionar que hoje a GoHouse somente trabalha com imóveis exclusivos, principalmente para ter capacidade de oferecer reservas online em todos os websites parceiros.

Veja algumas consequências esperadas:

Racionalização da oferta – há hoje uma grande quantidade de imóveis anunciados no AlugueTemporada feitos por pequenos corretores que tem nenhum ou pouco relacionamento com os reais proprietários dos imóveis. Estes anúncios são utilizados apenas para atrair o locatário para outros anúncios.

Melhor experiência ao viajante – apesar de ter perdido a liderança do setor, o AlugueTemporada ainda é uma referência do setor no Brasil. Melhorar a experiência dos seus usuários pode ter impacto significativo na maneira como brasileiros veem a opção de hospedagem contribuindo para o crescimento do mercado como um todo.

Anuncia também no Airbnb? Veja no Blog da GoHouse um post feito sobre o website clicando aqui.