Você tem um imóvel, consegue uma renda boa por meio de aluguéis, mas é só chegar a hora de fazer a declaração do Imposto de Renda que a dúvida começa a surgir de novo: como declarar aluguel recebido no Imposto de Renda?

Para esclarecer pontos importantes sobre a questão, veja 5 dicas poderosas para não errar na declaração.

5 dicas de como declarar aluguel recebido no Imposto de Renda

Declarar o IR é uma atividade que ninguém gosta muito de fazer. Mas se você obteve um lucro com seu imóvel, pense no lado positivo de ter esta renda!

Veja, a seguir, porque, como e onde declarar aluguel recebido no imposto de renda.

Veja também: Qual o melhor site para aluguel de temporada?

Dica 1 – Declare

Isso mesmo! Se você não sabe como declarar o aluguel recebido no Imposto de Renda, terá que fazer um esforço para aprender, mas não poderá deixar de declarar, porque a receita tem meios de descobrir que os valores recebidos não foram declarados.

Se for preciso, procure ajuda profissional, mas não sem antes saber algumas informações importantes que estão nas próximas dicas.

Dica 2 – Seu locatário é Pessoa Física

Se você recebeu rendimentos de aluguéis de pessoas físicas e é obrigado a recolher o imposto mensal obrigatório, precisa incluir no programa “Carnê-Leão” os aluguéis recebidos mês a mês.

Caso você alugue imóveis para mais diversas pessoas físicas, precisará informar o valor total de cada mês.

É preciso recolher o tributo até o último dia útil do mês seguinte ao do recolhimento do rendimento. Para tanto, será necessário emitir no programa Carnê-Leão o DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais), cujo código é 0190.

Se você tiver uma imobiliária como intermediadora, o valor total pago a ela durante o ano todo deve ser incluído somente na Declaração de Ajuste Anual. Basta ir no campo Pagamentos Efetuados e informar o valor pago, o nome e CNPJ da sua imobiliária.

Se você precisava recolher o imposto pelo Carnê-Leão ao longo do ano, mas não o fez, deve recalcular mês a mês o valor do imposto devido por meio do sistema Sicalc da Receita Federal.

Confira: DICA: investimento em Apart Hotel no Rio vale a pena

Dica 3 – Seu locatário é Pessoa Jurídica

Quando você, proprietário, aluga seu imóvel para pessoa jurídica a função pelo recolhimento não é sua, e sim do locatário.

Para que possa incluir todos os rendimentos obtidos com o aluguel durante o ano na Declaração de Ajuste Anual, você deve receber do locatário, até o final de fevereiro, um informe de rendimentos, onde deverá constar o valor de todos os aluguéis pagos e imposto retido pelo locatário.

Observe que, se você tiver uma intermediadora, é preciso também descontar a taxa de corretagem paga à imobiliária no ano.

Dica 4 – Quando o imóvel é do casal

Se o imóvel é seu e de sua esposa, os rendimentos recebidos podem ser informados apenas na declaração de um de vocês ou cada um pode declarar a metade do valor recebido.

Se sua parceira tiver uma renda menor, a dica é que você declare o valor total na sua declaração, porque assim vai evitar que ela tenha que pagar alíquota maior de imposto se fosse adicionar os valores.

Saiba mais: Alugar por temporada para famílias com crianças? Veja dicas! 

Dica 5 – Fique atento a alguns detalhes importantes

Não tem como declarar aluguel recebido no Imposto de Renda sem estar muito atentos a algumas informações importantes:

  • O imóvel só é considerado bem comum de um casal se foi comprado em conjunto ou por um de vocês durante casamento ou união estável;
  • Quando o contribuinte for responsável pelo pagamento do IPTU ou taxa de condomínio do imóvel alugado, poderá deduzir essas despesas. Para isso, terá que deduzir os valores do valor do aluguel e declara no Carnê -Leão o rendimento que sobrar.
  • Caso você tenha transferido o usufruto dos rendimentos dos aluguéis para terceiros, deverá informar isso no campo “Discriminação” do imóvel. Se você registrou essa decisão na escritura pública averbada no registro do imóvel, o recolhimento e a declaração serão responsabilidades de quem recebe o usufruto.
  • O programa da Receita Federal não entende o “ponto” no lugar da “vírgula” na hora de separar as casas decimais. Você pode declarar 2000.00 e a Receita irá entender que declarou 200.000,00. É ou não é um perigo?

Quer saber mais sobre como declarar aluguel recebido no Imposto de Renda? Veja aqui mais dicas sobre o assunto.