A antecedência de reserva é o período de tempo entre a reserva feita pelo hóspede e a data de check-in.

Até que ponto os hóspedes reservam com antecedência e o que isso significa para os administradores de imóveis de temporada?

As características de reserva podem variar entre diferentes mercados, tipos de imóveis, portais de anúncios, entre outros. Portanto, a antecedência de reserva é diferente de caso a caso.

Uma etapa importantíssima da estratégia de um administrador de imóvel de temporada é entender as particularidades e costumes de cada público, otimizando e agilizando as reservas para maximizar a receita.

Vamos dar uma olhada em algumas das tendências que vemos acerca da antecedência de reservas.


Tendências ao longo dos anos

Houve uma grande mudança de comportamento dos viajantes num contexto geral, durante o período entre 2015 e 2018

A antecedência de reserva em todos os mercados no mundo, diminuiu nos últimos anos. Em 2015, os hóspedes tendiam a reservar com mais antecedência, efetuando uma reserva há, em média, 79 dias antes da data do check-in.

Em 2018, esse número havia diminuído em 50%, com uma antecedência média de reserva caindo para 39 dias.


Número de quartos e de diárias

Aluguéis de temporada com mais tempo de estadia são normalmente reservadas com mais antecedência: há uma correlação direta entre o número de diárias em uma propriedade e o tempo de antecedência de reserva médio.

Além disso, nos últimos anos; os hóspedes que procuram uma propriedade de apenas um quarto, reservam o imóvel com cerca 41 dias de antecedência da data de check-in; e para cada quarto extra, a antecedência de reserva aumenta em média 8 dias.


Urbano vs. Lazer

É notório que há um grande contraste entre o tempo de estadia em destinos urbanos e de lazer.

Os hóspedes tendem a ficar aproximadamente 3 noites em destinos urbanos e 8 noites em destinos de lazer.

Além disso, existe uma clara disparidade entre as características das reservas em destinos urbanos e de lazer.

Desde 2015, os hóspedes reservam a sua viagem a Marbella (Espanha), que se trata de um destino de lazer, há quase 3 meses antes da data de check-in; enquanto os hóspedes costumar reservar de última hora em Madrid, um destino urbano; com cerca de 25 dias de antecedência.

Esta tendência continua no Atlântico. Em Kissimmee, na Flórida, os amantes da Disney são ansiosos para reservar seus imóveis de temporada cedo, com uma média de 54 dias de antecedência.

Por outro lado, os hóspedes em Seattle, Washington; muitas vezes reservam sua estadia com menos de duas semanas antes de antecedência.


A importância da antecedência de reserva e de sua estratégia ao administrar imóveis de temporada

Embora a maneira para calcular as curvas e o ritmo das reservas seja diferente dos hotéis, o princípio ainda é relevante no setor de locação de curto prazo.

Esse ritmo determinará a estratégia de preços apropriada para maximizar a receita de uma data específica. Os preços podem ser mantidos altos, ou relativos à demanda que possuem, o que é o ideal.

Os preços geralmente diminuem à medida que a alta temporada passa, adequá-la ao momento é o melhor a se fazer para garantir uma alta ocupação. Os administradores de imóveis para temporada devem trabalhar em um alto ritmo para atingir a ocupação pretendida.

Compreender o pico da demanda para o seu imóvel de temporada, ou quando há mais reservas, permitirá que você defina seus preços de maneira mais acertada.

Por exemplo, se a antecedência de reserva média for de 30 dias, mantenha suas tarifas mais altas antes da janela de 30 dias e garanta que suas tarifas sejam competitivas durante o tempo de pico da reserva. Após o seu horário de pico, considere baixar os preços progressivamente para maximizar suas chances de conseguir reservas e manter uma alta rentabilidade.


Outros fatores a serem considerados

Manutenção e limpeza

Antecedências de estadias mais curtas podem ter implicações operacionais – reserve um tempo para garantir que os processos operacionais; como manutenção e limpeza de seu imóvel, sejam bem feitos, a fim de que você esteja preparado para receber reservas e antecedência menor.

No caso de uma primeira estadia após um período de férias, é essencial garantir que a propriedade seja devidamente inspecionada e limpa, independentemente do dia do último check-out.

Seria uma pena ter que recusar hóspedes caso a propriedade não esteja à altura, e uma vergonha ainda maior seria receber reviews negativos de hóspedes decepcionados.

Check-in

Enquanto os check-ins personalizados são mais recomendados; se o caso for de uma reserva de última hora, tenha em mente que a eficiência e facilidade do processo do check-in são importantíssimos para uma boa estadia do hóspede.

Considere investir em métodos de entrada no imóvel simplificados e canais de comunicação acessíveis. Além disso, acompanhe o check-in do hóspede proativamente, e solucione quaisquer problemas que possam ocorrer.

Fonte: Transparent


Gostou dessa matéria? Confira muito mais sobre o aluguel por temporada no blog da GoHouse!